[ editar artigo]

Pandemia e atividades físicas

Pandemia e atividades físicas

Com a pandemia a nossa rotina mudou e a nossa forma de se movimentar também, mas sabemos que essas alterações muitas vezes são necessárias, uma vez que os espaços coletivos para o esporte neste momento podem não ser mais considerados ideais. Pensando nisso, conversamos com a Meiriana, uma amante do esporte, que adaptou totalmente a sua rotina de exercícios físicos da academia para casa e a sua treinadora Alana sobre como foi essa mudança e como realizar isso de forma segura. 

A entrevistada Meiriana é estudante do último ano de Direito e sempre teve uma relação muito forte com o esporte. Passou por diversas modalidades como a dança, natação e, atualmente, a musculação é a sua grande paixão.Quando começou a pandemia, Meiriana trocou a academia para treinar somente em casa e está há 1 ano com essa rotina. 

A segunda entrevistada é a Alana, profissional da área de Educação Física, no qual durante a pandemia criou um projeto chamado Quarentreino que tem como objetivo passar treinos online para serem realizados em casa e assim auxiliar na saúde física e emocional dos seus alunos durante a pandemia. 

Dificuldades do treino online 

Para a professora Alana, a grande questão como instrutora é a falta do contato físico e limitação do acompanhamento do treino online. Presencialmente é mais fácil de corrigir as posturas e os demais erros dos alunos, contudo online ela não possui a visão tridimensional do aluno. Para resolver esse problema, Alana sempre busca tentar prever os erros dos seus alunos de acordo com cada perfil e fazer exemplos do que não deve ser feito e a forma correta de se fazer.

É possível alcançar bons resultados treinando em casa? 

A treinadora Alana relata que é possível alcançar os mesmos resultados treinando em casa do que frequentar uma academia e sem ser preciso um investimento muito elevado, mas os gastos dos alunos também depende dos seus objetivos. Por exemplo, se um aluno deseja melhorar somente o alongamento ele não precisa de materiais, em contrapartida o fortalecimento muscular demanda de novos equipamentos conforme você evolui na prática.

Motivação 

Na conversa com a Meiriana, foi relatado que uma das principais dificuldades do treino online é manter a motivação porque o espaço da academia traz a sensação de compromisso e encontrar pessoas também ajuda na motivação. Para ela, a solução foi permanecer com a mesma visão de compromisso com as atividades físicas e para manter a prática divertida criar variações, como um dia treinar força, no outro dançar e até mesmo correr na rua com o uso de máscara.

A Alana concorda também relata que manter a motivação treinando em casa é bastante difícil. Para isso, ela sempre tenta manter uma união dos seus alunos e criar uma comunicação de incentivo por meio de plataformas, como WhatApp e Instagram, criando assim um apoio social para a prática. 

Vantagens do exercício físico em casa

A instrutora contou que os exercícios físicos se configuram como uma atividade física estruturada com o objetivo de melhorar alguma capacidade do corpo e isso pode ser adquirido em qualquer local. Com isso, se exercitar em casa traz as mesmas vantagens que os exercícios realizados em academia se possuírem uma boa orientação.

Para Meiriana a melhor parte dos exercícios físicos em casa é o conforto e a comodidade. Não existe uma preocupação em como você está vestida e você não gasta tempo com o deslocamento. 

 

A Voit espera que essa conversa com a Meiriana e a Alanha tenha servido de incentivo para te fazer levantar do sofá. É sempre válido lembrar que a pandemia ainda não acabou e medidas de retenção do contágio são necessárias, mas isso não é justificativa para deixar a saúde física e mental de lado. Cuidar da saúde é essencial e mais ainda nesse período difícil. 

 

Ler conteúdo completo
Indicados para você